PREFEITURA MUNICIPAL 55 3748 1200 I FAX - 55 3748 1185 TELEFONES ÚTEIS

Foi realizado em nosso município o Levantamento Rápido de Índices para o Aedes aegypti —LIRAa.

26 de março de 2021

Levantamento Rápido de Índices para o Aedes aegypti —LIRAa é uma metodologia que permite o conhecimento de forma rápida, por amostragem, da quantidade de imóveis com a presença de recipientes com larvas de Aedes aegypti, mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya, Febre pelo vírus Zika e Febre Amarela.

Durante o ano todo é preciso realizar ações de combate ao Aedes aegypti que evitem doenças como dengue, zika e chikungunya. Pensando em dar munição aos gestores municipais que facilitem as tomadas de decisão e criar estratégias para combater o mosquito, surgiu o Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti, o LIRAa.

Inicialmente, a ideia era fazer o levantamento apenas no período que antecede o verão, época com maior chance de proliferação do mosquito. Entretanto, ao longo dos anos de trabalho, foi identificada a necessidade de prevenção o ano todo, já que mesmo em épocas em que a proporção do vetor é menor, com a seca e o frio, o mosquito se reproduz. Em nosso município esse levantamento é realizado 4 vezes por ano.

O LIRAa é muito importante, porque permite descobrir como está a situação do município, e também identificar quais os lugares com mais focos. Com isso, é possível envolver outras áreas que não apenas a saúde e ampliar as ações de prevenção do transmissor. 

O último levantamento realizado no município de Erval Seco pelos agentes municipais de combate a endemias foi na última semana. Esse levantamento trouxe um resultado não muito agradável, teve um percentual de 2,7% o que configura risco médio/alto, o ideal seria menos de 1% para ser considerado de baixo risco.

Assim, pedimos aos munícipes que monitorem suas casas, a dica é manter recipientes como caixas d’água, barris, tambores, tanques e cisternas, devidamente fechados. E não deixar água parada em locais como: vidros, potes, pratos e vasos de plantas ou flores, garrafas, latas, pneus, panelas, calhas de telhados, bandejas, bacias, drenos de escoamento, canaletas, blocos de cimento, urnas de cemitério, folhas de plantas, tocos e bambus, buracos de árvores, além de outros locais em que a água da chuva é coletada ou armazenada.

Vídeos Destaque

Informativo da Secretaria Municipal de Saúde.

Ver mais
Skip to content